Notícias

Secretário fala em encontro com empresários mineiros sobre objetivos de enxugar Estado

Por Redação, 14/06/2019 às 14:35
atualizado em: 14/06/2019 às 15:52

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00
Foto: Alesp/Divulgação
Alesp/Divulgação

O secretário de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, participou na manhã desta sexta-feira dos 10 anos do Conexão Empresarial, um encontro com empresários mineiros, em Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Ele criticou a desidratação da reforma da Previdência, cuja economia prevista foi diminuída de R$ 1 trilhão para R$ 850 milhões, defendeu investimentos em infraestrutura pela iniciativa privada e declarou que os bancos públicos precisam ser reduzidos e não devem mais emprestar dinheiro a grandes empresas, já que elas conseguem isso de outras formas.

Salim afirmou que não haverá concurso público federal nos próximos anos e que os cerca de 35% dos funcionários públicos que se aposentarão neste período serão substituídos por digitalização de processos. Ele também defendeu a digitalização de estatais e a privatização de pelo menos dois terços das 184.

Incubido de vender as empresas do governo, comemorou. “Isso soa como música para os meus ouvidos. Me deram a responsabilidade de vender estatal e eu adoro fazer isso”, disse.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'O projeto introduz dispositivos claros e objetivos, com penalidade para aqueles que prestarem informações falsas ou deixarem de executar as medidas compensatórias', defend...

    Acessar Link