Notícias

IGP-M acumula taxa de inflação de 3,08% em 12 meses, diz Fundação Getúlio Vargas

Por Agência Brasil, 18/09/2019 às 08:45
atualizado em: 18/09/2019 às 08:46

Texto:

O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel registrou deflação (queda de preços) de 0,28% na segunda prévia de setembro deste ano. A taxa é superior à registrada na segunda prévia de agosto, quando o IGP-M teve uma deflação mais intensa (-0,68%). Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Com o resultado da segunda prévia de setembro, o IGP-M acumula taxas de inflação de 3,80% no ano e de 3,08% em 12 meses.

Segundo a FGV, alta da taxa da prévia de agosto para setembro foi provocada pelo aumento de dois subíndices. A taxa de inflação do Índice Nacional do Custo da Construção subiu de 0,15% na segunda prévia de agosto para 0,67% na segunda prévia de setembro.

Já a deflação do Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, teve uma deflação mais moderada no período. Se na prévia de agosto registrou queda de preços de 1,11%, em setembro a deflação ficou mais moderada (-0,52%).

Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo, teve queda na taxa, ao passar de uma inflação de 0,21% em agosto para uma deflação de 0,05% em setembro.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Cidade da região metropolitana de Belo Horizonte também já teve mortes ocorridas devido ao coronavírus #itataia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Em um tom similar, a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de BH requer na justiça a abertura do comércio e pede critérios mais claros por parte da prefeitura de Belo ...

    Acessar Link