Rômulo Ávila

Coluna do Rômulo Ávila

Veja todas as colunas

A segunda morte dói menos

16/05/2020 às 03:00

Divulgação Botafogo

Melhor lateral esquerdo de todos os tempos, Nilton Santos completaria 95 anos neste sábado,16 de maio. Republico artigo de 2013, ano que o Enciclopédia do Futebol nos deixou.

Um sonho, uma realidade, um presente, um passado e a ‘primeira morte’. A carreira de um jogador de futebol poderia ser resumida desta maneira. Famosos ou não, todos são embalados pelo sonho de serem ídolos. Alguns conseguem alcançar dinheiro e fama, outros ficam pelo caminho. No entanto, como bem resumiu o ex-craque e técnico Paulo Roberto Falcão, “O jogador de futebol morre duas vezes. A primeira, quando para de jogar."

Falcão está certíssimo. Porém, alguns jogadores são eternizados mesmo depois de "duas mortes". Nilton Santos é um desses. Não por acaso ganhou o apelido de ´Enciclopédia do Futebol´. Quem gosta de futebol sabe a contribuição que ele deu para o esporte. Contrariando treinadores, mostrou que lateral podia atacar. Humilde, pediu aos dirigentes do Botafogo para assinar contrato com Garrincha, depois de tomar um baile de Mané.

Certa vez, já aposentado, foi questionado se tinha inveja dos jogadores que ganham milhões e respondeu: "Não tenho inveja do dinheiro que ganham. Tenho inveja da liberdade que eles têm para atacar".

A primeira ‘morte’ de Nilton Santos foi no dia 16 de dezembro de 1964, quando disputou a partida contra o Bahia, a última com a única camisa de clube que vestiu, a do Botafogo. O melhor lateral esquerdo de todos os tempos teve, de certo, a morte mais dolorida.

Nessa quarta-feira ele descansou. Foi chamado para reforçar o time de Garrincha, seu amigo inseparável. Sofria do Mal de Alzheimer há cincos e morreu de insuficiência respiratória. Aos 88 anos, o jogador que disputou quatro Copas do Mundo e venceu duas (1958 e 1962), vivia em uma casa de repouso, no Rio de Janeiro. Com certeza, para ele, a morte de 1964 doeu mais do que a de agora. Sua história está eternizada, Enciclopédia.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    Novas infecções pelo novo coronavírus ficaram em 15.299 no sábado. #itatiaia

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    Confira o texto de Milton Naves, narrador da #Itatiaia

    Acessar Link