Notícias

Secretaria de Saúde confirma primeira morte por chikungunya neste ano em Minas Gerais

Por Jacqueline Moura/Itatiaia, 17/07/2019 às 12:54
atualizado em: 17/07/2019 às 12:57

Texto:

Foto: Agência Brasil
Agência Brasil

A primeira morte por chikungunya no estado neste ano é confirmada pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. A morte pela doença aconteceu na cidade de Patos de Minas, no Alto Paranaíba. 

De acordo com o infectologista Carlos Starling, do Hospital da Baleia, a febre chikungunya tem sintomas parecidos com os da dengue, mas sua principal característica é a dor articular. “Os sintomas iniciais são os mesmos, mas a dor no corpo se concentra nas articulações. Além disso, a chikungunya pode fazer a dor articular durar meses”. 

Prevenção

“A principal maneira de prevenção contra a febre chikungunya é combater o mosquito. Lembrando que esse combate deve ser feito o ano todo, já que não temos estações do ano tão bem definidas, embora o mosquito fique mais vulnerável nos períodos de seca. Pessoas que vivem em áreas com muitos insetos podem optar também pelo mosquiteiro, pelas telas nas janelas e pelo uso de repelentes”, orienta o infectologista. 

Vacina 

Pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, já realizam testes em humanos para obter uma vacina segura e eficaz contra a chikungunya. A vacina já está em fase de testes em 24 voluntários no Reino Unido e deve passar por uma nova rodada de testagens ao longo do ano que vem, com entre 120 e 150 pessoas no México. O estudo deve avaliar também a possibilidade de uma vacina que combine a imunização da chikungunya e da zika de forma segura. Caso a pesquisa caminhe no melhor dos cenários, estima-se que a vacina contra a doença pode estar disponível em cinco anos.

Doenças Cardíacas

Omosquito aedes aegypti, responsável pela transmissão da dengue, zika e chikungunya, tem surpreendido os profissionais da medicina com uma possível complicação cardíaca. Segundo o cardiologista Augusto Vilela, pessoas que tiveram essas doenças devem ficar atentas a sintomas de miocardite, inflamação no músculo do coração, o miocárdio. Isso acontece devido à produção excessiva de anticorpos provocada como reação ao processo inflamatório. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link