Notícias

Presidente da Câmara de Belo Horizonte confirma ameaças e diz que vai mudar de partido

Por Redação , 17/02/2020 às 09:21
atualizado em: 18/02/2020 às 08:43

Texto:

Ouça na Íntegra
00:00 00:00

A presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH), Nely Aquino (PRTB), é a entrevistada da semana do podcast "Abrindo o Jogo", com Edilene Lopes. Nely confirma que será candidata à reeleição, fala da expectativa para o trabalho na Casa em um ano eleitoral e sobre o recebimento de ameaças graves.

Ouça a reportagem completa com Edilene Lopes

Pelo menos 80% dos vereadores de Belo Horizonte devem ser candidatos à reeleição, e o percentual de renovação estimado varia de 30 a 40%. Por isso, e com a mudança na legislação eleitoral que proíbe coligações, muitos parlamentares vão mudar de partido. A presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte é uma das que deve mudar de partido, indo provavelmente para o Podemos, partido que já tem três vereadores. 

“Já existe uma interlocução com o Podemos e existe uma possibilidade muito grande que eu me candidate por eles”, explica.

A condição de Nely para ir para a sigla é que ela seja a única candidata da legenda com mandato. No pleito deste ano, ela disputa novamente uma vaga no legislativo, mas futuramente não descarta a possibilidade de concorrer a outros cargos, como a prefeitura da capital mineira. 

Impeachment

Em outubro de 2019, Nely Aquino foi alvo de pedido de impeachment na Casa por improbidade administrativa. Ela comenta o fato:

“Nós temos alguns grupos que utilizam o artifício do pedido de cassação aparentemente com plataforma política porque entra contra todos e tudo mais. Temos quase uma chuva de pedido de cassação aqui. Tem vereador que já pode pedir música no Fantástico que já teve três pedidos e nenhum deles tinha a fundamentação. O pedido que fizeram contra mim eles utilizaram aquele vídeo que fizeram filmando meu filho indo para escola em um carro locado pela Câmara. Eu moro a um quarteirão e meio da escola do meu filho eu não preciso do carro da Câmara para levar o meu filho na escola, mas o meu filho, no momento de insegurança, ele precisa de segurança da Câmara sim porque o que colocava a vida do meu filho em risco era a minha função”.

A entrevista completa com a presidente da Câmara Municipal de Belo Horizonte você acompanha no “Abrindo o Jogo”. No Podcast, a segunda presidente mulher da história da CMBH fala sobre machismo, sobre as ameaças que sofreu, sobre o futuro na política e sobre as investigações em relação à morte do segurança dela em 2019.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    ⚽️ Jogador afirmou não guardar mágoa do Cruzeiro e disse que tem amigos no clube celeste.

    Acessar Link