Notícias

Dengue: saiba quais são os hábitos do mosquito e os lugares inusitados onde ele pode botar os ovos

Por Redação , 27/03/2019 às 09:39
atualizado em: 27/03/2019 às 10:09

Texto:

Foto: Pixabay
Pixabay

Após dois anos sem surtos da dengue, neste ano, o mosquito Aedes aegypti voltou com força total, principalmente em Belo Horizonte e Região Metropolitana. A cada mês, o número de pessoas contaminadas só cresce e várias cidades do estado estão com centros de saúde lotados e muitos casos confirmados da doença. Levando tudo isso em consideração, você já parou pra pensar qual o horário em que o mosquito da dengue gosta de atacar? 

De acordo com Flávio Guimarães, professor do departamento de Microbiologia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o mosquito da dengue tem hábitos vespertinos. O que significa que ele gosta de voar na parte da amanhã, bem cedo, e no fim do dia, principalmente no horário entre às 15h e 18h. É um mosquito diurno que não tem costume de voar à noite, como o pernilongo. 

O mosquito da dengue tem certa limitação de voo.  “Ele não é um bom voador, por isso, as pessoas que moram em andares mais alto, acham que estão livres do mosquito. Isso não é verdade. O mosquito voa a certa altura do chão, não consegue atingir voos altos, mas ele é muito eficiente ao subir escadas, mesmo voando mais próximo ao piso. Outra maneira de chegar aos andares altos é pelo elevador, não que o mosquito aperte o botão, mas ele pode entrar no elevador e ir até um andar superior”, detalha o especialista. 

Com o número de casos de dengue cada vez mais alto, é importante vasculhar os lugares em casa onde o mosquito pode colocar os ovos. E, acredite, esses lugares podem ser bastante inusitados. Segundo Eduardo Viana, diretor Zoonoses da Prefeitura de Belo Horizonte, são locais presentes dentro da maioria dos lares. “Reservatório que existe atrás das geladeiras, que serve para armazenar água drenada de dentro do aparelho, pode ser um criadouro do mosquito. O indicado é fazer a retirada da água e a limpeza do local, pelo menos uma vez por semana. Outro local bastante comum é a bandeja que serve de reservatório de água proveniente de aparelhos de ar condicionado, esse local também deve ser vistoriado uma vez por semana. Alguns tipos de janelas podem acumular água nas pequenas calhas e, assim, facilitar a reprodução do mosquito. Banheiros pouco utilizados merecem maior atenção. A água do vaso sanitário deve ser sempre trocada e os ralos devem ter uma tela de proteção para impedir a entrada do mosquito no local”, detalha.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link