Notícias

Cruzeiro fecha 1º turno no Z-4; 'o que dá esperança' a Ceni é o comprometimento dos jogadores

Por Agência Estado, 15/09/2019 às 18:08
atualizado em: 16/09/2019 às 09:28

Texto:

Foto: Marcello Zambrana/Cruzeiro/LightPress
Marcello Zambrana/Cruzeiro/LightPress

Fim do primeiro turno do Campeonato Brasileiro e o Cruzeiro termina na zona de rebaixamento da competição. O Fluminense venceu por 1 a 0 sobre o Corinthians na tarde deste domingo e alcançou 18 pontos, mesma quantidade do time celeste, que perde no número de vitórias (5 a 4). Esta é a pior campanha de turno do clube na história dos pontos corridos. A anterior foi em 2016, quando o time celeste fez 19 pontos. Para Rogério Ceni, o que 'dá esperança' para o time sair dessa situação é o comprometimento dos jogadores e a força do torcedor.

A declaração foi feita depois da derrota por 1 a para o Palmeiras nesse sábado (14). “Acho que independente das mudanças, nossa postura dentro de campo foi muito melhor hoje. Conseguimos jogar de igual para igual com o Palmeiras, em que tivemos também a primeira oportunidade da partida. Não houve nenhum chute a gol perigoso da equipe adversária no primeiro tempo. A postura do time hoje já foi importante, com nossa equipe competindo. É o que nos dá a a esperança de sairmos desta situação”, disse. 

Sobre a presença de Rafael Santos na lateral esquerda e de Éderson no meio campo, Rogério Ceni citou os bons treinos que os garotos vindos da base celeste vêm realizando e o papel importante de todo o elenco na busca por melhores resultados. 

“Os garotos tiveram personalidade. Além de valorizar também a base do nosso clube, foi uma boa oportunidade para eles. Rafael Santos e Éderson entraram bem e são jogadores que têm bastante energia. Com eles e com os demais, vamos tentar fazer com que o Cruzeiro fique cada vez mais forte”, citou. 

Ciente da dificuldade que os próximos confrontos reservam, o técnico convocou a torcida para comparecer no Mineirão e ajudar a Raposa na partida do próximo sábado (21), contra o Flamengo, pela 20ª rodada do Brasileirão. 

“Nós temos mais um adversário difícil pela frente. No nosso momento mais difícil, coincidentemente enfrentamos hoje o segundo colocado e no próximo fim de semana vamos encarar o primeiro. Precisamos do torcedor no estádio. Não será um jogo fácil, mas não é impossível de se vencer”, finalizou. 

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link