Notícias

Conhece as doenças da alma? Saiba quais são e como prevenir

Por Jacqueline Moura, 07/08/2018 às 14:24
atualizado em: 07/08/2018 às 14:40

Texto:

Foto: Divulgação
Divulgação

Você já ouviu falar nas doenças da alma? Rotina acelerada e estressante, problemas no trabalho, falta de contato com os amigos, falta de tempo para o lazer, esses são fatores que podem originar as doenças da alma. Elas são principalmente as que afetam nosso psicológico, como a depressão, ansiedade, angústia e fobias.

A psicóloga Lívia Pires Guimarães explica que é importante entender o que é a alma. “A alma é aquilo que anima o corpo. É o conjunto de condições de pensamento, sentimento e sensibilidade que animam e dão vida ao corpo. As doenças da alma afetam essas áreas. Em geral são enfermidades psíquicas. Atualmente, as mais comuns são a depressão, ansiedade, estresse e dependências químicas”, detalha.

“Nosso estilo de vida contribui muito para o aparecimento das doenças da alma. Muitas vezes nosso estilo de vida é incoerente com quem nós somos. Então, frequentemente eu trabalho em uma área que não gosto, eu levo um estilo de vida que não acredito, para ganhar dinheiro sou obrigada a fazer algo que não concordo ou que não está de acordo com minhas ideias, esse estilo de vida se torna perverso e vai nos agredindo”, explica Lívia.

A psicóloga ainda alerta que as doenças da alma também podem causas doenças físicas, já que tudo está interligado em nosso organismo. “O psíquico usa o corpo para gritar e dizer: para porque você não está respeitando o sutil, então respeite o concreto”, alerta.

A prevenção das doenças da alma está relacionada com a empatia - se colocar no lugar do outro. Sendo assim, adote um estilo de vida saudável com prática de atividades físicas prazerosas, separando tempo para o lazer e outro para a socialização com as pessoas.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link