Notícias

Atual campeão, Liverpool vacila fora e estreia com derrota na Liga dos Campeões

Por Agência Estado, 17/09/2019 às 18:56
atualizado em: 17/09/2019 às 19:04

Texto:

 

Atual campeão da Liga dos Campeões, o Liverpool estreou com derrota nesta terça-feira na principal competição de clubes do mundo. O time inglês foi batido pelo Napoli por 2 a 0, em solo italiano, na abertura do Grupo E, que teve também a goleada do Salzburg sobre o Genk por 6 a 2.

Com o resultado, o Napoli desponta na segunda colocação da chave, atrás apenas do time austríaco, que lidera por ter maior saldo de gols. Também repete o triunfo sobre o mesmo Liverpool, também pela fase de grupos, na temporada passada - na ocasião, venceu por 1 a 0.

Driens Mertens marcou o primeiro gol da partida aos 36 minutos da etapa final, em cobrança de pênalti duvidoso. E Llorente anotou o segundo, já nos acréscimos, após vacilada geral da defesa inglesa, que contou com o volante brasileiro Fabinho entre os titulares. O goleiro Alisson segue fora, recuperando-se de lesão. Pelo lado do Napoli, Allan foi titular.

Mas o principal destaque da equipe italiana foi o zagueiro senegalês Kalidou Koulibaly, que neutralizou as principais jogadas ofensivas do ataque liderado por Salah, Mané e Roberto Firmino.

O jogo no estádio San Paolo começou com tentativa de pressão do Napoli, acelerando o duelo nos primeiros minutos. Surpreendentemente recuado, o Liverpool conteve as investidas italianas e passou a equilibrar o jogo a partir dos 20 minutos.

O time da casa chegou a balançar as redes aos seis minutos, após uma sequência de boas defesas de Adrian. Mas o árbitro anulou o lance por impedimento. O Liverpool respondeu aos 20, em finalização de Mané quase da pequena área. O goleiro Alex Meret fez grande defesa. Antes do apito final, num primeiro tempo morno, Firmino cabeceou com perigo, sem marcação, rente à trave esquerda de Meret.

No segundo tempo, o Liverpool passou a jogar mais solto e, aos 9, Mané desperdiçou grande contra-ataque ao errar passe para Salah, que estava livre para completar para o gol. Salah teve outra oportunidade aos 19, quando encheu o pé da esquerda e Meret fez bela defesa.

Na sequência, Jürgen Klopp colocou em campo o volante Wijnaldum. Com a entrada do holandês, o Liverpool ficou com quase a mesma escalação da final da última Liga, com exceção do goleiro Alisson.

O bom entrosamento do grupo, contudo, não evitou a derrota. Aos 35, Robertson se enroscou com Callejon e o juiz anotou o pênalti duvidoso, que não chegou a ser revisado pelo VAR. Na cobrança, Mertens mandou no canto direito de Adrian, que chegou a encostar na bola, sem evitar o gol.

Nos acréscimos, com uma postura mais confiante e ofensiva, o Napoli chegou ao segundo gol. Mertens, maior destaque do ataque italiano, investiu pela direita e a bola sobrou para Llorente, que aproveitou descuido da defesa inglesa e bateu com facilidade para as redes, selando a vitória dos anfitriões.

Em Salzburgo, o time da casa não tomou conhecimento do Genk e goleou o adversário belga por 6 a 2. O grande destaque do confronto foi o Erling Braut Haaland, autor de três gols. Hee-Chan Hwang, Dominik Szoboszlai e Andreas Ulmer anotaram os demais gols dos austríacos.

Na próxima rodada do Grupo E, o Liverpool vai receber o Salzburg no dia 2 de outubro, no Anfield. No mesmo dia, o Napoli visitará o Genk.

Escreva seu comentário

Preencha seus dados

ou

    #ItatiaiaNasRedes

    RadioItatiaia

    'Eu estou levando minha revolta para um lado de injustiça, eu preciso de uma resposta. Eu guardei tudo no quarto do bebê. Essa dor parece que não vai passar', completa.

    Acessar Link

    RadioItatiaia

    O caso foi revelado em primeira mão pela rádio Itatiaia e repercute nacionalmente.

    Acessar Link